×
Assine nossa newsletter!

Gostou ?
















Valuation: Qual o Preço de uma Empresa?

Valuation: Qual o Preço de uma Empresa?

Quando pensamos em empreender não podemos limitar nosso conceito apenas a começar empresas novas do zero, em muitos momentos é interessante comprar uma participação em uma empresa já existente ou vender parte de sua empresa para um novo sócio.

Empresas existentes podem ser boas oportunidades quando você possui capacidade de gestão melhores do que os antigos donos. Às vezes um negócio está bem posicionado mas mal administrado, e uma nova gestão pode ser capaz de torná-lo lucrativo.

Quando se busca um novo sócio é interessante usar o conceito do “smart money” (dinheiro inteligente), ou seja, o novo sócio não trará apenas capital financeiro para a empresa, mas também novas oportunidades, ideias e contatos.

No momento de determinar o valor da participação no negócio entramos em uma área que é parte ciência e parte arte. Uma empresa geralmente possui dois fatores que determinam seu preço: os lucros atuais (ou o faturamento, caso o negócio dê prejuízo) e a possibilidade de aumentar esses lucros no futuro.

Em geral o preço é calculado usando como base o lucro anual multiplicado por um número correspondente à margem financeira (percentual do faturamento que vira lucro de fato) e possibilidade de crescimento do negócio. Usando como referência números atuais da bolsa de valores seria algo em torno de 10 vezes o lucro anual atual para um negócio com baixo potencial de crescimento até 40 vezes para um que esteja com uma expansão explosiva.

Quando a empresa está no prejuízo esse valor costuma variar muito, caso as dívidas ainda não sejam impagáveis é normal ver valores em torno de uma vez o faturamento anual. Uma empresa com dívidas impagáveis dificilmente vai encontrar um novo sócio e seu destino geralmente é a falência.

Compartilhe:

Sobre o autor

Gustavo Rocha Dias
Sou apaixonado por entender como as coisas funcionam e cultivar ideias não usuais. Me formei em Engenharia de Automação na POLI-USP, mas depois de alguns anos aprendendo as técnicas desse mercado resolvi expandir meus horizontes atuando em novos negócios.
Veja todos os artigos de Gustavo Rocha Dias

Deixe uma resposta